Tendinite no Ombro

O que pode provocar tendinite no ombro?

Tendinite no ombro pode ser causada por movimentos repetitivos

medico-ortopedista-ombro-cotovelo-goiania-dr-thiago-caixeta

Quando temos o processo inflamatório de um tendão, chamamos isso de tendinite. Conforme o corpo envelhece, os tendões vão perdendo a elasticidade. Assim, o risco de uma pessoa desenvolver algum tipo de tendinite no ombro é significativo. Causada pela inflamação de um tendão, como o supraespinal, a tendinite em estado avançado pode ocasionar dor aguda e limitação dos movimentos dos ombros.

Tendinite calcária, tendinite dos bíceps e tendinite do manguito rotador são os principais tipos de tendinites no ombro.

A tendinite calcária é causada pela formação de cristais de cálcio dentro do tendão. Já a tendinite do bíceps é caracterizada pela inflamação no tendão principal que liga a parte superior do músculo bíceps ao ombro, o cabo longo do bíceps. A tendinite do manguito rotador ocorre quando esse grupo de tendões inflamam.

Comumente, a tendinite no ombro surge como consequência de movimentos repetitivos. Se quiser saber mais sobre as causas e sintomas dessa doença, continue a ler o texto.

O que pode provocar tendinite no ombro?

A tendinite no ombro pode ser desencadeada devido a movimentos repetitivos e esforços prolongados e contínuos sobre o tendão. Além disso, essa doença pode decorrer de desequilíbrios musculares, que provocam atrito interno na articulação do ombro. Movimentos repetitivos com a mão acima do nível do ombro também provoca uma sobrecarga nesta região.

Atletas que praticam modalidades como tênis, basquete, natação e vôlei, por exemplo, são os mais acometidos por tendinite no ombro. Pessoas que estão acima do peso ou que não trabalham a musculatura com frequência também podem desenvolver a doença com mais facilidade.

Quais são os fatores de risco da tendinite no ombro?

 Movimentos e esforços repetitivos

 

Envelhecimento: conforme a idade vai chegando, os tendões perdem a flexibilidade. Desse modo, ficam mais suscetíveis a lesões.

 

Falta de alongamento: quando o indivíduo não tem o hábito de se alongar, isso pode gerar sobrecargas no tendão.

 

Doenças autoimunes: diabetes, artrite reumatoide e lúpus são algumas enfermidades que podem predispor tendinite no ombro. Isso acontece porque as células de defesa do organismo confundem os tendões como uma estrutura desconhecida, assim, agem com intuito de destruí-las.

 

Tendinite no ombro: como reconhecer os sintomas?

Embora os sintomas da tendinite no ombro variem de acordo com o grau da doença, dificuldade para movimentar o braço acima da linha dos ombros, dor localizada e intensa, dor que irradia por todo o braço, edema (inchaço), redução da força e, em casos mais graves, atrofia muscular são comuns. Apesar de mais raros, formigamento, vermelhidão e calor na área afetada também são sintomas que podem estar presentes.

Como o ortopedista especialista em Ombro faz o diagnóstico?

Para fazer o diagnóstico da tendinite no ombro, o ortopedista especialista em Ombro faz exames clínicos e físicos – é normal o médico apalpar a região afetada em busca do foco da dor e sensibilidade. Para um diagnóstico assertivo, o especialista também pode solicitar exames de imagens, tais quais ultrassonografia e ressonância magnética, pois a tendinite no ombro tem sintomas similares à atrite reumatoide.

Que tratamento o ortopedista especialista em Ombro pode indicar?

O tratamento para tendinite no ombro visa eliminar a dor e, ainda, evitar o rompimento do tendão. Além disso, a terapêutica correta permite que o paciente volte ao trabalho ou as atividades esportivas mais rápido.

O ortopedista especialista em Ombro recomenda o tratamento segundo a gravidade de doença. Desse modo, ele pode prescrever medicamentos anti-inflamatórios, indicar aplicação de compressas de gelo de 3 ou 4 vezes ao dia, sessões de fisioterapia, infiltração de corticoides e, em último caso, intervenção cirúrgica.

A cirurgia para tratar tendinite no ombro é indicada, geralmente, quando o tratamento conservador não surte efeito após seis meses. O procedimento cirúrgico também pode ser recomendado pelo ortopedista especialista em Ombro quando houver a ruptura do tendão, dor aguda e fraqueza muscular significativa.

Todavia, se o paciente tiver mais de 60 anos, o médico pode recomendar apenas medicamentos e sessões de fisioterapia. Apesar disso, vale destacar que quem decide o tratamento mais adequado é o ortopedista especialista em Ombro.

Compartilhar nas redes sociais.

Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Especialidades Atendidas

Postagens no Blog

osteoporose-falha-do-material
Ombro Cotovelo

Osteoporose e a falha do material de síntese na fratura do úmero proximal

Objetivo: Apresentar as falhas dos diferentes materiais utilizados na síntese da fratura do úmero proximal, decorrentes da osteoporose. Métodos: Um Estudo de Revisão Bibliográfica Sistemática feitos nas bases de dados: SC/ELO, PUBMED, BIREME, SCOPUS, WEB OF SC/ENCE e PERIÓDICO CAPS. Utilizando os descritores: fratura úmero proximal ANO osteoporose; síntese do úmero proximal ANO osteoporose; materiais de síntese ANO falha fixação úmero proximal. Foram encontrados 50 trabalhos publicados entre os anos 2007 a 2017, sendo selecionados 15 artigos com os critérios desejados. Resultados: Os resultados foram agrupados em um quadro e subdivididos pelo título, nome(s) do(s) autor(es), ano de publicação, objetivos, metodologia, tipo de materiais utilizados na fixação da fratura e conclusão. Conclusão: Podemos utilizar diferentes materiais de síntese, dependendo da característica da fratura , perfil do paciente e grau de oste oporose. Placas bloqueadas obtiveram bons resultados no tratamento fraturas do úmero proximal osteoporóticas. São necessários mais estudos randomizados, comparando diferentes implantes para o tratamento dessas fraturas.

Leia Mais »

Agendar Consulta

COE - St. Bela Vista

(62) 3089-0978

Clinica do Esporte

(62) 3432-3030

Teleconsulta

Doctoralia

© 2020 Ombro Goiânia – Todos os direitos reservados. By QMIX Digital